Semana #11: Menos mi-mi-mi e mais interessância!

Gente minha de cada semana, como vocês estão? :)

Desejo que muito bem e com foco e força total nos objetivos de ano novo, porque o motorzinho do tempo não para, não é mesmo? Já estamos em meados do mês de março e daqui a pouco aquelas famosas águas fecham o verão! E lá se foi uma estação!

Sobre a minha semana, eu confesso a vocês que sai um pouco dos trilhos, foi tipo a semana do lixo, sabem? Mas quero voltar logo aos eixos, porque não dá para se afastar assim dos objetivos. Eu já reescrevi esse post várias vezes e em todas elas achei que tinha muito mi-mi-mi sobre isso. Como já dei a ordem: Chega de mi-mi-mi! E não sou o direito brasileiro, acabou por aqui e vamos ao que aconteceu de interessante!

Final de semana passado eu participei de um evento chamado Rolê desapegacional, que reuniu várias marcas locais no centro da cidade. Tinham roupas, acessórios, cosméticos, comida e música! A mistura foi muito bacana e acho que a cidade precisa cada vez mais desse tipo de evento que não apenas traz a oportunidade de conhecermos essas marcas e muitas vezes adquirir alguns itens a preço mais acessível como também abre as portas para alguns questionamentos sobre onde estamos investindo nosso dinheiro ou que tipo de prática acabamos apoiando quando optamos por determinados produtos! Enfim, eu curti e aguardo a próxima edição do evento! Parabéns aos organizadores!

Uma das aquisições que fiz no rolê merece um espacinho aqui: o coletor menstrual.

[Meninos que estão lendo, pode parecer coisa de mulher e é! Mas quantas mulheres vocês têm na vida de vocês, não é? Acho que vale a pena entender um pouquinho!]

Há algum tempo eu tenho lido e me questionado sobre aderir ao uso do coletor menstrual levando em consideração, especialmente, os benefícios ambientais da prática. Mas a ideia de colocar um copinho lá não é das mais atraentes, não é mesmo? Então esbarrei com ele no evento e estava com um ótimo preço, além disso, minha companheira de rolê também estava interessada. Nos apoiamos e compramos! E viva a mãe natureza! \o Como eu já estava no período menstrual, foi comprar e colocar em prática. Sim, sim e sim! Das primeiras 5 vezes que tirei e coloquei ele foi uma coisa muito estranha. Hora parecia que estava para dentro demais e eu nunca mais ia conseguir recuperar, outras horas parecia que ia cair, tive medo de vazar e aprender a lidar com o vácuo não é a coisa mais natural do mundo. Mas quem é que se adapta com o novo assim de uma hora para outra, não é mesmo? Uns dois dias depois eu já me senti mais segura, não fiquei tirando e colocando o tempo inteiro, o que me deu mais conforto e entendi os sentimentos! Eu não tenho dúvidas, foi um baita investimento e recomendo fortemente para “azamiga”! É um produto higiênico e ambientalmente correto que pode ser usado por mim, pela mamãe e também pela filhinha, pois apesar de a gente colocar lá dentro, ele não é intrusivo! A marca que comprei é InCiclo na Terráquea! Se tiverem alguma dúvida específica, podem me perguntar! Nada melhor do que a experiência de alguém para encorajar um outro alguém, não é mesmo?

E para terminar as coisas bacanas que aconteceram nesta semana, quero contar para vocês a minha experiência de exercitar meu lado ouvinte. A gente está sempre muito cheio de coisas para dizer, né? Quer ver nesses últimos meses, com esse alvoroço político, todo mundo tem a sua opinião e quer enfiar ela goela abaixo dos pobres amigos das redes sociais. Mas se tem tantos com tantas coisas a dizer, precisam existir muitos mais dispostos a ouvir (verdadeiramente), não acham? Se não tudo não passa de muitas falas soltas. E vou dizer para vocês, em tempos de matracas quem opta por ouvir pode até sair ferido, mas tem muito mais condições de crescer como ser humano e profissional. Dou muito valor à firmeza dos reais ouvintes e toda vez que me torno mais boca que ouvido, cuido de me reinspirar e investir na experiência de acolher a visão do outro, entendê-la, experimentá-la e então formular uma nova ideia ou até reforçar uma antiga, por que não?! A ouvinte desta semana atuou em dois nichos: (1) o da política, no qual tenho sido silente há tempos, mas ainda não tinha feito o esforço de ser ouvinte e (2) no trabalho, em que tive a iniciativa de convidar meus colegas para conversas de feedback. Está sendo sensacional e muito difícil. Tenho aprendido mais sobre mim, especialmente em como lidar com o elogio, porque eu, pelo menos, estou sempre mais pronta para acatar a crítica. O elogio me tira do lugar, me desconforta, é uma loucura. A crítica não desce assim redonda, não é a coisa mais fácil do mundo, mas eu estou mais aberta a ela, mais disposta a acreditar, sabe? Recomendo esse exercício a todos, mesmo! Eu estou longe longe de ser um exemplo, mas se a minha experiência pode te inspirar de alguma maneira, o que eu posso dizer é que as pessoas se sentem especiais por serem ouvidas e muitas vezes ranços, preconceitos ou qualquer outro tipo de barreira podem ser vencidos ou amenizados com uma boa conversa em que você se colocou na posição de ouvinte. O “falante” vê o benefício e muitas vezes te pede para ter a chance de também ser ouvinte! E essa é a hora mais linda, porque vocês conseguiram de fato estabelecer um espaço de diálogo de onde só podem sair coisas do bem.

Mudança de hábito

Muitas barras de chocolate, porções generosas de pão de queijo, uma fatia ou outra de pizza e dizem as más línguas que também teve bolacha recheada no café da manhã, quando teve café da manhã. Posso dizer para vocês que no tema #mudancadehabito a semana não foi de se orgulhar… Pensei aqui em muitas justificativas para dar, mas optei pela sinceridade. Tomei as decisões erradas, deixei a ansiedade sentar no banco da frente e ainda troquei ideias com ela! O resultado é que a “retenção de líquido” se tornou gordura mesmo e eu tenho duas opções: reforçar ou mudar os maus hábitos! E claro que vocês sabem qual é a minha, né? Então, força na peruca e que a semana #12 seja de mais sucesso!

Peso (kg)

Barriga (cm)

Cintura (cm) Bumbum (cm)

Braço (cm)

Semana #8

70,9 91,0 77,0 106,0

30,5

Semana #9

70,7 89,0 76,0 105,0

30,5

Semana #10

71,2 88,0 77,0 105,0

30,5

Semana #11

71,2 88,5 77,5 105,0

30,0

Beijinhos e até mais!

Luy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.